Home - Notícias - Zezé Di Camargo e Luciano é proibido de fazer show após suspeita de fraude

Zezé Di Camargo e Luciano é proibido de fazer show após suspeita de fraude

 

Por suspeita de fraude, o show da dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano foi proibido por uma liminar da Justiça na região metropolitana de Curitiba na noite desta segunda-feira (30). O evento aconteceria logo mais, na 1ª Festa da Cebola, mas foi cancelado.

Além dos sertanejos, haveria ainda apresentações da dupla Léo e Lima, no entanto, a decisão afirma que a empresa produtora da festa, a Drial Organização de Eventos Esportivos Ltda, estaria usando para esse show uma estrutura montada para um seminário, previamente custeada com recursos públicos.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) destaca que os responsáveis poderiam “explorar a lucratividade de eventos de shows musicais”, com bilheteria e venda de ingressos, bebidas e comidas, e estacionamento, e que a empresa começou a vender as senhas para os shows a partir do dia 28 de março.

Na época do início das vendas, os pregões ainda não haviam sido definidos, mas as atrações já estavam sendo anunciadas com muita antecedência por meio de um evento no Facebook. Agora, a liminar prevê multa diária de R$ 1 milhão caso a festa seja realizada nessas condições.

Dessa forma, o evento precisou ser suspenso e as pessoas que adquiriram os ingressos para o show de Zezé Di Camargo e Luciano estão na mão, sem saber como reaverão o dinheiro investido nos ingressos. A dupla ainda não se posicionou sobre a situação.

Sobre Nilda Lima

Deixe uma resposta